domingo, 14 de fevereiro de 2016

Resultados deste domingo (em atualização)

Ex deputado Padre Joel morre afogado no interior de Teixeira

O padre Joel Silva Valentim de 56 anos, ex-deputado estadual e ex-secretário municipal de Meio Ambiente em Teixeira de Freitas, morreu no final da tarde deste sábado, 13 de fevereiro, depois de afogar em um rio próximo ao distrito de Duque de Caxias. De acordo com o que foi apurado pela Polícia, o Padre Joel estava tomando banho quando passou mal e se afogou. Pessoas que estavam às margens do rio contaram que ouviram um grito da vítima antes de afundar e desaparecer nas águas. Populares fizeram buscas e encontraram o corpo horas depois. A Polícia Civil já acionou o Departamento de Polícia Técnica para remover a vítima para exames de necropsia no Instituto Médico Legal. O Padre Joel era natural de Bandeirantes – PR, e foi deputado a partir de 2005 por apenas um mandato, ante disso, ele foi suplente na Assembleia Legislativa, pelo Partido Socialista Democrata Cristão-PSDC. O ex-deputado também foi secretário de meio Ambiente durante a gestão do ex-prefeito, Padre Apparecido Staut. (Sul Bahia News)

Homem é suspeito de ter matado esposa em Eunápolis

A comunidade do bairro Edgar Trancoso, em Eunápolis, amanheceu assustada neste domingo (14). Uma mulher foi morta dentro de casa. Luciana Carmo de Jesus, 29 anos, foi atingida com um tiro na testa. O corpo foi encontrado no quarto. Suspeito do crime, o marido dela, o comerciante Gildásio Santos Lima, de 52 anos, foi visto fugindo do local, segundo relatos de moradores feitos à Polícia Militar. Vizinhos acionaram a polícia um pouco antes das 8h, após os filhos do casal, que são menores de idade, saírem para pedir socorro na rua. A polícia informou que não encontrou sinais de luta corporal dentro da residência. “O portão estava fechado, mas as portas e janelas abertas e no quarto, em cima da cama, vimos o corpo em uma poça de sangue”, disse um policial que esteve no local. O tiro, provavelmente de revólver, foi disparado a curta distância. A perícia deve confirmar se a mulher dormia quando foi atingida. O comerciante, que tem um bar na Avenida Paulino Mendes Lima, no centro de Eunápolis, ainda não foi encontrado pela polícia. Moradores falaram que ele possui uma moto, não encontrada no local. (Radar64)

Pesquisa indica recuperação dos preços do cacau em 2016

Uma pesquisa promovida pela agência Reuters entre 13 traders, analistas e industriais projetou a recuperação parcial dos preços de cacau para o patamar em torno de $3000 até o final do ano. As previsões de todos os participantes indicaram déficits variando entre 25.000 e 250.000 t para a safra 2015/16, com um mediano de 145.000 t. O preços do produtor na Bahia iniciaram o período cotado na faixa de R$140,00–147,00/arroba na quarta-feira passada (3/2), recuaram no dia seguinte para R$135,50–142,00 e se recuperaram parcialmente para fechar na sexta-feira (5/6) em R$138,00–143,00, equivalentes a US$2.353–2.439/t. (Mercado do Cacau)

Traficante preso no bairro Caixa D´Água

A polícia militar prendeu na noite deste sábado, (13), um homem, ainda não identificado, acusado de tráfico de drogas, no bairro Caixa D´Água, fundos do Hospital Manoel Novais. Os policias disseram no plantão que o acusado estava com 49 papelotes de cocaína. O homem foi flagrado pela PM e levado para o plantão central. Foi ouvido pelo delegado plantonista e autuado em flagrante por tráfico de drogas. Neste domingo, (14), foi levado para o Presídio de Itabuna, onde ficará à disposição da Justiça.

Criança flagrada passeando em janela do 3º andar de prédio


Um vídeo que mostra uma criança se equilibrando na janela do terceiro andar de um edifício vem ganhando grande repercussão nas redes sociais. As imagens filmadas por um vizinho do prédio oposto mostram uma menina de pouco mais de três anos já do lado de fora do apartamento, supostamente sem qualquer proteção, até ser puxada por um adulto. De acordo com uma publicação do site Passeando em Campo Grande, um dos que compartilharam o vídeo, por conta do bombardeio de críticas, a família da criança procurou a imprensa para explicar que o apartamento, localizado em uma cidade-satélite do Distrito Federal, possui tela de proteção em todas as janelas e justamente por conta dela a menina pode ser resgatada sã e salva.

Ex jogador do Juazeirense é preso no RJ acusado de assalto

O atacante Sylvestre, que defendeu a Juazeirense em 2013 e 2014, foi preso na última quinta-feira (11), acusado de assaltar um pedestre em outubro do ano retrasado no Rio de Janeiro. Na sexta (12), o atleta foi levado ao presídio de Bangu, Zona Oeste da capital fluminense, onde irá aguardar julgamento, marcado para o dia 29 de fevereiro. No entanto, o jogador alega inocência. A mulher do jogador, Karla Gomes, afirma que o atleta vendeu um veículo modelo Kombi para um amigo. Porém, a transferência de propriedade do utilitário não foi realizada. “Ele vendeu a kombi e deixou na confiança que o rapaz ia tirar do nome dele. Um sobrinho do cara pegou o veículo, era o carona, e roubou o celular de uma menina, que começou a gritar e algumas pessoas conseguiram pegar o número da placa. Quando ela deu queixa na polícia, puxaram a ficha e apareceu o nome do meu marido. Aí começou o pesadelo”, disse Karla. Sylvestre foi reconhecido pela vítima em uma foto 3×4 apresentada pela polícia. “Ele está muito nervoso, se sentindo mal. Quando o colocaram no carro, dava para ouvi-lo chorando. Ele é uma pessoa boa, é honesto, todo mundo que o conhece vai falar isso. Eu só queria que a vítima aparecesse e reconhecesse que ele não fez nada. O adolescente que pegou a kombi confessou o roubo, mas ela não reconheceu o menino. Mas viu a foto do meu marido e disse que era ele. Só queríamos uma acareação, que ela o visse pessoalmente e desmentisse isso”, implorou a esposa do jogador. Além da Juazeirense, Sylvestre atuou no Camaçari, Fluminense de Feira, Macaé, ASA-AL, Bahia de Feira, Volta Redonda-RJ, Olaria-RJ, entre outros. (Extra)

Chevrolet será novo patrocinador da Seleção Brasileira

A Chevrolet vai ocupar o espaço na camiseta de treino da Seleção Brasileira deixado pela saída da Sadia do rol de patrocinadores. A montadora renegociou contrato que já tinha com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e que lhe dava espaço no calção. A Continental Pneus já tinha assumido o patrocínio da Copa do Brasil no lugar da Sadia. Outros novos contratos estão em fase final de negociação e serão anunciados nos próximos dias pela CBF, que, apesar da crise econômica e do escândalo de corrupção, teve em 2015 seu maior faturamento: 545 milhões de reais, 5% a mais que em 2014, ano da Copa do Mundo “em casa”. (Vera Magalhães)

PT define pré-candidaturas a doze prefeituras da Bahia

Em reunião do diretório estadual realizada neste sábado, 13, no hotel Mercure, no Rio Vermelho, o PT definiu quem serão os pré-candidatos em 12 das 35 maiores cidades baianas. Três deles irão concorrer à reeleição: João Bosco, em Teixeira de Freitas; Jussara Márcia, em Dias D'Ávila; e Francisco de Assis, em Conceição do Coité. Aparecem ainda nomes de ex-prefeitos das respectivas cidades, que voltam a concorrer ao posto, como os casos do deputado federal Luiz Caetano (Camaçari), Carlos Brasileiro (Senhor do Bonfim) e Geraldo Simões (Itabuna). Completam a lista de pré-candidatos já aprovados pelo diretório Zé Neto (Feira de Santana), Gika Lopes (Serrinha), Orlando Filho (Cruz das Almas), Amauri Teixeira (Jacobina) e Dalva Tisio (Itamaraju). Em Lauro de Freitas e Alagoinhas, as conversas avançam para confirmar as pré-candidaturas de Moema Gramacho e Joseildo Ramos, respectivamente. "Há uma tendência forte para que sejam eles", afirmou o presidente estadual do partido, Everaldo Anunciação. Segundo ele, o número de pré-candidaturas do PT nas 35 maiores cidades da Bahia deve chegar a 18. A reunião do diretório estadual do partido contou com a participação de lideranças das 35 principais cidades da Bahia, além de deputados federais e estaduais. Na reunião, os membros do partido discutiram a criação de um programa de governo participativo. Os temas que devem nortear os programas de governo devem levar em conta o maior controle de gastos e a eficiência pública, a democratização do acesso aos instrumentos de comunicação e informações, com destaque para a internet, além de aprofundar as políticas na área de saúde, educação, habitação e mobilidade urbana.

Petrobras estuda devolver prédios alugados na Bahia

A Petrobras estuda devolver imóveis alugados na Bahia para conter gastos, segundo reportagem do Estado de S. Paulo. A estatal já devolveu dois imóveis no centro do Rio de Janeiro e planeja sair de outros em Macaé e no Espírito Santo, além da Bahia. As mudanças fazem parte de um processo de reestruturação que começou em agosto, com demissão de funcionários terceirizados. A reportagem cita que na Bahia, parte das atividades da área financeira da empresa foi transferida para a Torre Pituba desde janeiro. A previsão é de que a mudança seja concluída até o final do ano mas, até lá, a estatal seguirá pagando aluguéis duplicados, pois os contratos antigos continuam vigentes. A nova torre foi concluída em outubro e é do fundo de pensão Petros. Ela foi alugada à estatal em contrato de 30 anos. Em depoimento, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró afirmou que parte dos recursos da obra da torre teria sido desviada, em 2006, para a campanha do ex-governador Jaques Wagner, hoje titular da pasta da Casa Civil.

Corte de salários de servidores economizaria R$ 10 bi

Em plena crise econômica, os governos federal, estadual e municipal gastam um montante bilionário com pagamentos de servidores que recebem acima do teto constitucional. Estimativas de fontes do Ministério da Fazenda e do Congresso apontam que, caso a lei fosse cumprida, a economia aos cofres públicos chegaria a quase R$ 10 bilhões por ano, considerando todas as esferas de governo. A cifra é similar à que o governo pretende conseguir em 2016 com a recriação da CPMF. Cálculos do governo federal, que consideram apenas o total que a União economizaria, são bem menores, de R$ 1 bilhão anual. Ignorando a Constituição, alguns servidores ganham acima dos R$ 33,7 mil, salário do presidente do Supremo Tribunal Federal, que serve de referência para a definição do teto. Somente no Superior Tribunal de Justiça, o setor responsável pelos pagamentos confirma que ao menos cinco servidores aposentados receberam, entre janeiro e dezembro de 2015, valores líquidos superiores a R$ 100 mil.


Governo tirou de MP punição a empresas

Foi tudo muito rápido. Em menos de 20 minutos, estava sacramentada a medida provisória com novas regras para acordos de leniência fechados entre empresas envolvidas em atos de corrupção e o governo. O texto assinado pela presidente Dilma Rousseff numa solenidade no Palácio do Planalto no dia 18 dezembro do ano passado mudava a chamada Lei Anticorrupção, em vigor há pouco menos de dois anos. A partir dali, as empresas não mais precisavam admitir prática de crime para aderir ao acordo. Quem assinasse passou a ficar liberado para voltar a contratar com o governo. Quinze dias antes da rápida cerimônia palaciana, o texto era diferente: tinha dois pontos importantes para assegurar punição dos envolvidos, mas eles acabaram desaparecendo da MP 703. A versão original determinava que as empresas teriam que reparar integralmente o dano causado aos cofres públicos. No jargão oficial, essa era a “obrigação necessária” para a assinatura de um acordo de leniência em que companhia envolvida em irregularidades pudesse pagar pelos atos de corrupção, e começar de novo a operar com o setor público. Também sumiu da versão final outro trecho estabelecendo que forma, prazo e condições da reparação deveriam constar dos termos do acordo. Na solenidade daquele dia 18, a exigência de reparação integral chegou a ser citada no discurso de Dilma: — Nossa tarefa é garantir reparação integral dos danos causados à administração pública e à sociedade sem destruir empresas ou fragilizar a economia. Essa é a prática adotada internacionalmente.

Renda per capita de brasileiros cai; país recua entre emergentes

O Brasil tem empobrecido em comparação à média de seus pares. Segundo estimativa do FMI, a renda per capita do brasileiro (medida em paridade do poder de compra) recuou de US$ 16,2 mil, em 2014, para US$ 15,7 mil, em 2015, o equivalente a 90% do rendimento médio dos 24 países considerados emergentes pela instituição. Esse é o menor patamar registrado desde o início da série histórica do Fundo, em 1980. A paridade do poder de compra é uma medida usada em comparações internacionais, por refletir melhor o custo de vida dos países. Mensurado dessa forma, o poder de compra do brasileiro esteve por muitos anos acima da média dos emergentes. Desde meados da década passada —com o forte avanço da renda em nações como China e Índia— a situação do Brasil em relação ao grupo passou a ser de equiparação. Mas, com a forte desaceleração da economia brasileira nos últimos anos, o país tem sido deixado para trás. O FMI espera que, em 2020, a renda per capita do Brasil (em PPC) atinja US$ 18 mil, o que representará pouco mais de 80% da média dos emergentes (US$ 21,6 mil), se a projeção se confirmar. Outra forma muito usada por economistas para medir o retrocesso ou o progresso relativo de países rumo ao desenvolvimento econômico é comparar sua renda per capita (em PPC) com a de nações avançadas, como os Estados Unidos. Nessa comparação, o Brasil também retrocede. O poder de compra do brasileiro chegou a equivaler a quase 40% do americano no início dos anos 1980. Com a crise econômica, recuou bastante na década seguinte, para patamar inferior a 30%. Voltou a se recuperar no fim da década passada, mas essa tendência não se manteve. O FMI espera que a renda per capita do país fique estagnada ao redor de 27% da americana nos próximos anos.

Governo amplia crédito do BNDES para destravar concessões

Oito meses depois de anunciar o endurecimento das condições de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para as concessões em infraestrutura, o governo voltou atrás e anunciará, nos próximos dias, que a parcela de recursos a juros baixos fornecida pelo banco aos concessionários será ampliada, segundo informaram técnicos envolvidos no programa. Atualmente, o banco empresta pelo menos 35% do valor do projeto ao custo da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), fixada em 7,5% ao ano. A expectativa é que essa parcela suba para algo como 60%, bem próxima dos 70% oferecidos na primeira etapa do Programa de Investimentos em Logística (PIL). O governo decidiu melhorar as condições de financiamento depois de constatar que elas haviam se tornado uma ameaça à retomada do programa de concessões. Os juros salgados estavam tornando os investimentos muito caros, reduzindo-lhes a rentabilidade e afastando potenciais interessados. Fontes revelaram que, nas discussões internas, houve quem defendesse a volta do desenho adotado na primeira fase do PIL. A tendência, porém, é que esse nível não seja alcançado. Por outro lado, deve ser mantido o escalonamento adotado na segunda etapa do PIL, no qual o banco entra com uma parcela maior do empréstimo se o concessionário emitir debêntures em infraestrutura. O banco também poderá entrar nas concessões como acionista. Existe ainda a possibilidade de haver mais recursos do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS) para as concessões. Destravados, esses recursos serão mais uma alternativa para o concessionário bancar parcela para a qual não conseguir recursos do BNDES.

Brasileiros gastam até 40% da renda com educação dos filhos

O maior patrimônio que um país pode ter é um povo bem educado. Não há como falar em crescimento econômico sustentado e em distribuição de renda sem um sistema escolar de qualidade e eficiente. Mas, para as famílias que buscam dar o melhor ensino aos filhos e, para isso, recorrem ao sistema privado, a educação se tornou um fardo do ponto de vista financeiro. No ano passado, em média, os custos aumentaram 9,24%, a maior alta desde 2004. Dependendo da escola escolhida, os gastos com a educação de uma única pessoa ao longo de 23 anos de vida podem passar de R$ 1,2 milhão a valores de hoje (mais de R$ 52 mil por ano). Essa quantia não inclui futuras correções, como as das mensalidades escolares que, em 2015, foram reajustadas entre 15% e 17%. Leva em conta o que uma família de classe A, com renda mensal de R$ 25 mil, gasta para formar um filho, desde seu nascimento. O cálculo considera, além das mensalidades, alimentação na escola, cursos diversos, como de línguas, material, transporte e a mesada que muitos recebem. Entre famílias da classe B, os gastos por filho, também ao longo de 23 anos, podem chegar a R$ 617,9 mil (quase R$ 27 mil anuais). Um filho da nova classe C custa, em média, quase R$ 300 mil, supondo que não haverá despesas no período da pré-escola. Segundo o Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (Invent), que monitora tais despesas, sem um bom sistema de controle nos gastos, a educação pode ficar ainda mais cara, chegando a R$ 2 milhões por pessoa das classes mais abastadas, R$ 948 mil no caso de um integrante da classe B e R$ 407 mil entre aqueles da classe C. Nesses casos, o ensino se dá em tempo integral. Por isso, é preciso muito cuidado ao administrar as finanças da família. Se uma gravidez planejada significa plenitude e amor, os adoráveis bebês podem conquistar corações, mas esvaziar a carteira dos pais. O momento exige organização. Pensar no futuro requer tirar a calculadora da gaveta e colocar os gastos na ponta do lápis. Em média, as despesas com educação consomem 34% da renda das famílias da classe A, 39% dos ganhos dos lares de classe B e 45% dos orçamento da classe C.

Juiz da Suprema Corte dos EUA, é encontrado morto no Texas

O juiz da Suprema Corte americana Antonin Scalia faleceu neste sábado, aos 79 anos - confirmou o governador do Texas, seu estado natal. Scalia morreu enquanto dormia, no Texas, onde se encontrava para uma viagem de caça, noticiou a imprensa local. O presidente americano, Barack Obama, foi informado, na Califórnia, e manifestou suas "mais profundas condolências" pela morte de Scalia, um ferrenho conservador que ajudou a moldar o pensamento jurídico americano. "O presidente e a primeira-dama dão suas mais profundas condolências à família do juiz Scalia", disse o porta-voz adjunto da Casa Branca, Eric Schultz. "O juiz Antonin Scalia era um homem de Deus, um patriota e um defensor inabalável da Constituição e do estado de Direito", declarou o governador Greg Abbott, em uma nota sobre o juiz de mais longa atuação na instância jurídica mais importante dos Estados Unidos. "Ele foi uma rocha sólida que evitou muitas tentativas de se desviar e de distorcer a Constituição. Sua ferrenha lealdade à Constituição deu um exemplo inigualável: não apenas para juízes e congressistas, mas para todos os americanos", completou Abbott. Scalia foi nomeado para a máxima corte em 1986 pelo presidente republicano Ronald Reagan, tornando-se o primeiro americano de origem italiana a exercer o cargo. O processo para nomear e confirmar seu substituto será complicado, já que sua morte acontece no último ano do mandato de um presidente democrata frente a um Congresso altamente dividido e de maioria republicana em ambas as Câmaras.

Veja lista de concursos públicos com mais de 5300 vagas

Marinha - Vagas: 1860; Remuneração: R$ 1.587,00; Cargo: fuzileiro naval; Nível: fundamental. Informações: o Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais da Marinha abriu concurso público para 1.860 vagas para o curso de formação de soldados fuzileiros navais para as turmas I e II de 2017. As inscrições ocorrem até 29 de fevereiro, pela internet, ou nos locais listados no edita. A taxa de participação é de R$ 12,00. Após o curso, com duração de 17 semanas, os alunos receberão R$ 642,00 para despesas pessoais. Os candidatos irão servir, inicialmente: nas unidades da MB no Rio de Janeiro (1.218 vagas) e em Brasília, nos grupamentos de Fuzileiros Navais de Rio Grande (RS), Belém (PA), Ladário (MS), Natal (RN) e Salvador (BA) e no Batalhão de Operações Ribeirinhas em Manaus (AM). Do total das oportunidades, 20% são reservadas para negros. O concurso terá seis etapas: exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, exame psicológico, verificação de documentos, inspeção de saúde e teste de suficiência física.

Dilma diz que Lula é "objeto de uma grande injustiça"

A presidente Dilma Rousseff defendeu seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã deste sábado (13), durante uma visita à Favela Zeppelin, no bairro de Santa Cruz, na zona oeste do Rio, no Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti. Esta é a primeira vez que a presidente vem a público se manifestar a respeito das suspeitas contra Lula na Operação Lava Jato. "Acho que ele está sendo objeto de uma grande injustiça. Eu respeito muito a história do presidente Lula e tenho certeza que este processo será superado, porque acredito que o País, a América Latina e o mundo precisam de uma liderança com as características do presidente Lula", disse a presidente Dilma quando questionada sobre o encontro que teve na sexta-feira com seu antecessor. Dilma Rousseff e Lula acertaram um roteiro para afastar a crise do Palácio do Planalto, durante encontro realizado em um hotel em São Paulo, nessa sexta-feira (12). O ex-presidente é alvo da Operação Zelotes, que investiga um esquema suspeito de "compra" de medidas provisórias em seu governo. Já o Ministério Público de São Paulo apura a suspeita de ocultação de patrimônio relacionada à compra de um tríplex no edifício Solaris, no Guarujá. A Operação Lava Jato vasculha benfeitorias executadas por empresas envolvidas no escândalo da Petrobras em um sítio frequentado por Lula e sua família, em Atibaia, no interior paulista. Ele afirma que usa o sítio para descansar, mas garante não ser dono da propriedade.

RS suspende larvicida que teria relação com microcefalia

O secretário estadual de Saúde, João Gabbardo, anunciou na manhã deste sábado que vai suspender temporariamente no Rio Grande do Sul o uso do larvicida Pyriproxyfen em reservatórios de água potável. O produto é indicado pelo Ministério da Saúde no combate ao Aedes agypti e utilizado no Brasil desde 2014. A motivação foi um relatório divulgado nesta semana pela organização médica argentina Physicians in the Crop-Sprayed Towns, que relaciona o uso do produto ao período e ao local de maior manifestação da doença. O Pyriproxyfen é utilizado, sobretudo, em regiões carentes de saneamento, onde a população precisa armazenar água em casa devido ao racionamento. O estudo foi detalhado na edição deste sábado de Zero Hora. — Tomamos essa decisão em função destas pesquisas. Até que provem ao contrário e que se tenha uma manifestação de que é seguro, não vamos mais usar. Estamos olhando para uma associação de fatores: a utilização desse larvicida pode ter efeito teratogênico (causar má-formação em fetos e embriões), que junto ao zika vírus pode potencializar a situação — defende Gabbardo. O secretário confirma que já enviou uma orientação aos municípios para que suspendam imediatamente o uso do larvicida. A utilização do Pyriproxyfen, porém, ainda é permitida em locais onde há água parada que não seja para o consumo. — No Rio Grande do Sul é pouco usado, as áreas que precisam estão mais no interior, onde não há água encanada. A quantidade seria insuficiente para causar qualquer efeito, mas mesmo assim, por precaução, achamos melhor não usar — afirma.

Leitura liberta: presidiário se forma no cárcere e passa no Enem

Mahatma Gandhi pregava que “a prisão não são as grades, e a liberdade não é a rua; existem homens presos na rua e livres na prisão”. A liberdade, para o líder indiano, está na consciência. As centenas de milhares de pessoas encarceradas no sistema penitenciário brasileiro parecem longe de compreender a força deste ensinamento. Apenas cerca de 10% usam seu tempo para ‘escapar’ dos horrores do cárcere através da educação. No Rio, a situação é ainda pior. Dos cerca de 45 mil internos no estado, só 3.351 estudam. Vinte e dois deles são presos de regime aberto e semi aberto que fazem faculdade. A socióloga Edna Del Pomo de Araújo, professora do Departamento de Sociologia da UFF, destaca na publicação ‘Prisão e Socialização: a penitenciária Lemos Brito’, que “é preciso libertar os indivíduos por meio do trabalho e da educação”. “Os homens que hoje estão presos serão livres amanhã e, caso não tenham cumprido a pena em busca da recuperação, provavelmente voltarão a delinquir”, alerta. Jefferson Cunha Pereira, 37 anos, que completa oito anos na prisão em abril, decidiu trilhar caminho oposto. “Ler é uma fuga. Quando a gente está lendo, se desliga do ambiente onde está: o cárcere. A mente navega para fora daqui”, afirma Pereira. Ex-policial militar, ele foi condenado a 20 anos de cadeia por homicídio. Aproveitou o tempo ocioso na cela para estudar, e o resultado foi animador. Foi um dos primeiros classificados do Rio, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), concorrendo com outros estudantes da rede pública. Ganhou uma vaga para cursar Administração de Empresas na Universidade Federal Fluminense (UFF) e Direito na Faculdade Anhanguera, em Niterói, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Cabe agora à Vara de Execuções Penais decidir se ele cursará ou não. O ex-policial militar Jeferson, preso em Bangu, depende de autorização da Vara de Execuções Penais para poder cursar Administração na UFF

Fórmula 85/95 facilita mudança de aposentadoria

Aposentados que continuam trabalhando e pagando contribuições ao INSS poderão ganhar benefício maior pela nova regra. Os aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que continuam trabalhando e pagando contribuições ao órgão também poderão ser beneficiados pela nova regra das aposentadorias. Válida desde junho de 2015, a fórmula 85/95 dá benefício integral a quem, na soma da idade com o tempo de contribuição ao INSS, atinge 85 pontos (mulher) ou 95 pontos (homem). "Para ser beneficiado, é preciso já estar aposentado e ter contribuições a partir de junho de 2015", diz o advogado Rômulo Saraiva.

Sargento da PM morre em tentativa de assalto no Rio

Um 3º sargento da Polícia Militar foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto na Região Portuária do Rio, na noite desta sexta-feira. Identificado como Alexsandro Luiz da Silva, o PM havia saído do trabalho junto com um colega, também policial, quando foram abordados por dois criminosos que estariam em uma moto, na Rua General Luiz Mendes de Moraes, por volta das 22h. Segundo a PM, houve reação, o que deu início ao tiroteio. De acordo com a polícia, o sargento foi atingido no peito e socorrido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio. Ele não resistiu aos ferimentos. O colega da vítima sofreu ferimentos leves e foi atendido na mesma unidade hospitalar. Os dois bandidos conseguiram fugir. O sargento era lotado no Quartel General da corporação e seguia para casa. Ambos estavam em um veículo modelo Palio Weekend, de cor prata. Pelo menos sete tiros atingiram o carro. No local do crime, também havia marcas de sangue no chão da via. Durante a madrugada deste sábado, agentes da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital realizaram uma perícia no local. A especializada investiga o caso. A vítima sobrevivente, que ainda vestia uma roupa com marcas de sangue, também esteve no local.