quinta-feira, 21 de maio de 2009

Em Ilhéus, cadastramento do Programa “Minha Casa, Minha Vida” segue tranquilo


Passado os primeiros dias desde que foi iniciado em Ilhéus, a procura pelo cadastramento do programa habitacional ‘Minha Casa, Minha Vida’ segue em ritmo mais tranqüilo. O procedimento começou no último dia 13 e, desde então, vem registrando uma média de 400 inscrições por dia. Na avaliação do secretário municipal de Assistência Social e Trabalho, Augusto Macedo, a tendência é de que o ritmo de cadastramento permaneça assim até o próximo mês, “quando a procura deve voltar aumentar, devido ao encerramento do cadastramento, marcado para o dia 30 de junho”.
Ainda de acordo com Augusto Macedo, o recomendado é não deixar para fazer o cadastramento nos últimos dias. “O ideal é aproveitar esse período de menor procura para fazer logo o cadastro e garantir a inscrição”. O interessado deve comparecer entre às 8 e às 14h, no estádio Mário Pessoa, portando cópias autenticadas dos seguintes documentos: CPF e carteira de identidade, além de comprovantes de renda e de residência. A fim de descentralizar o atendimento, o Governo do Estado junto à Caixa disponibilizou um site onde os interessados também podem realizar o procedimento: www.diasmelhores.ba.gov.br
O programa “Minha Casa, Minha Vida” é uma iniciativa do Governo Federal, viabilizado através da Caixa Econômica, que visa a construção de um milhão de unidades habitacionais em todo o país. Em Ilhéus, a previsão é de sejam construídas mil moradias, a serem distribuídas entre o bairro do Iguape, onde a Prefeitura já possui área, e na zona sul da cidade. As unidades serão destinadas a famílias com renda mensal entre 0 a 3 salários e 3 a 6 salários, sendo que a prestação mensal será correspondente a 10% da renda familiar, com o valor mínimo fixado de R$ 50,00.

Nenhum comentário: