quinta-feira, 7 de junho de 2012

Taxas do Detran para carro zero sobem 61%

Com o aumento das principais taxas do Detran, aprovado na Assembleia Legislativa na última terça-feira, será preciso reservar mais dinheiro na hora de comprar um carro zero. A partir de janeiro de 2013, os gaúchos serão obrigados a desembolsar 61,5% a mais do que gastam hoje com tarifas cobradas pelo órgão. Na prática, a mordida passará de R$ 93,28 para R$ 150,67. O principal vilão dessa conta será o Certificado de Registro de Veículo (CRV), cuja emissão sofrerá um acréscimo de 140%. Além disso, continuarão pesando no bolso do motorista o IPVA e o seguro obrigatório. Embora taxas menores do Detran tenham sido achatadas e até extintas, o resultado final não favorece o consumidor. Um exemplo: o valor da vistoria em motos diminuirá 26%. O problema é que a expedição do CRV aumentou tanto que anulará o desconto. Ao todo, o governo Tarso Genro estima arrecadar pelo menos R$ 107 milhões com as alterações. A cifra representa 16,2% do orçamento do Detran em 2012. Para a oposição, porém, o resultado poderá chegar a R$ 150 milhões, e não há garantias de que se traduza em melhorias à população.

Nenhum comentário: