sexta-feira, 21 de março de 2014

Ex-PMs são condenados a 23 anos de prisão

Foram condenados a 23 anos e seis meses de reclusão, por homicídio qualificado e porte ilegal de arma, os ex-policiais militares Jason Ferreira Paschoalino e Jonas David Rosa. Eles são acusados de matar Renilson Veriano da Silva, de 39 anos, e seu sobrinho Jéferson Coelho da Silva, de 17, no Aglomerado da Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, em fevereiro de 2011, durante uma incursão na comunidade.O julgamento, realizado no 1º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, na capital, começou na terça-feira e chegou ao fim às 22h desta quinta. Após decisão do conselho de setença, formado por seis homens e uma mulher, o juiz presidente do 1º Tribunal do Júri, Carlos Henrique Perpétuo Braga, leu a decisão. Os réus deverão cumprir suas penas em regime inicialmente fechado. A decisão cabe recurso. Após o júri, Jason e Jonas retornaram para a Penitenciária Jason Soares Albergaria, em São Joaquim de Bicas, na Grande BH, onde estão recolhidos desde outubro de 2013.

Nenhum comentário: