quinta-feira, 13 de março de 2014

Funcionários dos Correios voltam ao trabalho na sexta

Após julgamento realizado na tarde desta quarta-feira, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu que os trabalhadores dos Correios, em greve desde o final de janeiro, devem voltar ao trabalho a partir de 0h desta sexta-feira, sob pena de multa diária de R$ 20 mil a ser paga pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect). Foi unânime a avaliação dos ministros que a paralisação era abusiva.Os ministros decidiram ainda, por maioria, o desconto de 15 dias no salário a ser pago em abril dos empregados referentes aos 42 dias de greve, com a compensação dos 27 dias restantes.O ministro entendeu que não houve descumprimento pela estatal da cláusula 11 do dissídio coletivo de 2013, que trata da assistência médica, hospitalar e odontológica, com a contratação de uma empresa especializada para a gestão do plano de saúde.

Nenhum comentário: