quarta-feira, 19 de março de 2014

Unidades prisionais terão 88 profissionais de saúde

Um total de 88 profissionais da área de saúde serão contratados, através de seleção simplificada, para atuar nas Unidades Prisionais do Estado. As contratações representam um investimento da ordem de R$ 2 milhões. O concurso é promovido pelas secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e Administração do Estado. Em regime de contrato temporário, dos 88 trabalhadores, 77 farão parte de 11 equipes nas áreas de saúde básica. Os grupos de trabalho serão compostos por odontólogos, enfermeiros, assistente social, psicólogo, médico, auxiliar de saúde bucal e técnico de enfermagem. O Complexo Prisional do Curado receberá sete equipes. A Barreto Campelo, duas; e a Penitenciária Agro Industrial São João, também contará com duas equipes de saúde. Para atuarem na área de farmácia, serão contratados onze profissionais: nutricionista (1), psiquiatra (1), ginecologista (1), fisioterapeuta (1), terapeuta ocupacional (1), bioquímico (1), técnico de laboratório (2), e técnico em radiologia (2), totalizando 11 profissionais.

Nenhum comentário: