domingo, 20 de julho de 2014

Viúva de auditor fiscal será indiciada por tramar assassinato do marido


A policial civil aposentada Alessandra Lúcia Pereira Lima, viúva do auditor fiscal Iorque Leonardo Barbosa Júnior, morto em fevereiro deste ano, será indiciada pelo crime de homicídio. Segundo investigações da Polícia Civil, a vítima foi assassinada a mando de Alessandra, com a ajuda de Flávio de Matos Rodrigues e Otávio de Matos Rodrigues. Os três são acusados de planejar a morte de Barbosa, que foi baleado a 200 metros de casa, no Bairro Padre Eustáquio, enquanto seguia para o trabalho.Segundo a Polícia Civil, o inquérito deve ser concluído na próxima semana. A investigação ainda vai apontar se o policial civil Hernane Moreira Santos, que seria amante de Alessandra, teve participação no assassinato.O inquérito indica que Alessandra planejou a morte do marido para herdar os bens, estimados em aproximadamente R$200 mil. 

Nenhum comentário: