BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,550, ETANOL: R$ 2,89

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,550, ETANOL: R$ 2,89

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Cabral vira réu pela 7ª vez em denúncia de fraudes no Maracanã


O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, aceitou na noite desta quarta-feira mais uma denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-governador Sérgio Cabral. É o sexto processo no âmbito da Lava-Jato no Rio a que Cabral responde, desta vez acusado de comandar um cartel com empreiteiras que teria fraudado as licitações para obras da reforma do Maracanã e do PAC das Favelas. O ex-governador, preso preventivamente desde novembro, também é réu em um processo da Lava-Jato que tramita na Justiça Federal em Curitiba.A denúncia foi apresentada pelo MPF nesta quarta-feira, e outros 19 acusados de integrar o esquema também viraram réus. Cabral é apontado como o comandante do sistema de fraude, em conluio com outros ex-membros do governo estadual e executivos de nove empreiteiras: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Carioca Engenharia, Delta, Queiroz Galvão, OAS, Odebrecht, Camter e EIT.

Nenhum comentário: