BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,910, ETANOL: R$ 2,95

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,910, ETANOL: R$ 2,95

terça-feira, 18 de abril de 2017

Polícia de Camacan cumpre mandados, buscas e apreensões

Uma grande operação policial que teve início por volta das 5 horas da manhã desta terça-feira (18), desencadeada, sob o Comando do delegado Francesco Denis da Silva Santana, atendendo determinação do Juiz Eros Cavalcante, da Comarca de Camacan. Dos 30 mandados expedidos, 21 foram cumpridos pela polícia. A ´Operação Kamacan´ contou com a participação de 130 agentes de segurança, divididos em 30 equipes e seis delegados, deslocados de Eunápolis, Ilhéus e Itabuna. De acordo com a investigação policial, os suspeitos, tem envolvimento com o tráfico de drogas, furtos, assalto a mão armada e homicídios. O objetivo das diligências, segundo as autoridades policiais, é desmantelar uma organização criminosa instalada na cidade de Camacan. Segundo informações policiais, existe uma ramificação da facção criminosa Raio A, de Itabuna. Um mototaxista, foi detido e com ele, os policiais encontraram um caderno de anotações de vários nomes, o que a polícia acredita supostamente que seja da contabilidade do tráfico de drogas. Os presos são: Edilson Rocha de Carvalho; Heberth Gomes Santos (Rebe); Sávio Nascimento Leal; Sônia de Jesus Santos; Thacizio Victor Macedo Mota; Fábio Tarcísio Esteves Figueredo (Cabeção); Almir Andrade dá Silva (Bureco); Karen Lais Jesus Monteiro; Paulo Ricardo Santos Rezende (Paulinho), preso em Porto Seguro; Josevaldo Gomes Santos; Marcos Ricardo Santos Rezende, Galego; José Benício de Jesus da Silva; Herlan de Assis Silva; Cassiano Souza Santos; Erenilson Flora dos Santos (Paulista); Erivelton Moreira Resende (Bolo); Welisson Oliveira Silva (Nego Leo); Leonardo da Silva Nascimento (Dadinho); David de Jesus Araújo; Givanildo Santos da Silva; e Gilenildo Santos Silva. A polícia segue a investigação e tenta prender Emisson Ribeiro da Silva (Eré), apontado como líder do grupo criminoso. Foram apreendidos 3 aparelhos celulares, notebooks, documentos de veículos, anotações do tráfico, cartões de banco, pendrives, duas folhas de cheques no valor de R$ 1.100,00 e R$ 550,00, R$ 7.456,00 em espécie e uma espingarda municiada com 1 cartucho. (O Tempo Jornalismo)

Nenhum comentário: