BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,91, ETANOL: R$ 2,95

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,91, ETANOL: R$ 2,95

sábado, 29 de abril de 2017

Promotor não vê ligação entre atentado a atletas e ‘torcida única’


Após a confirmação do Vitória que os atletas Wallace, Rafaelson, Flávio e um amigo sofreram um atentado no entorno do estádio, na quinta-feira, 27, após o Ba-Vi, o promotor Olímpio Campinho, que fez a recomendação para a adoção da torcida única nos clássicos, disse que o caso não se tratava de futebol.De acordo com o promotor, o objetivo da promoção da torcida única é evitar o enfrentamento entre torcedores, e esse seria um caso de crime comum.“Mesmo se fosse torcedor, não é para isso que a gente está fazendo torcida única. A gente está tentando evitar confronto de torcidas, como o que aconteceu com êxito em São Paulo. Não sei por quê pessoas que não estão comprometidas com a verdade e com o interesse público não conseguem admitir isso”, disse Olímpio Campinho.O promotor sugeriu que o Trobogy, local dos disparos, já seria violento independentemente dos dias de jogos.

Nenhum comentário: