BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,910, ETANOL: R$ 2,95

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,910, ETANOL: R$ 2,95

quarta-feira, 19 de abril de 2017

´Dinheiro de caixa 2 era dívida de campanha de Dilma´


O delator João Santana, marqueteiro das campanhas dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014), confessou nesta terça-feira, ao juiz federal Sergio Moro, dos processos da Operação Lava-Jato, em Curitiba, que os valores de US$ 10 milhões recebidos por ele em 2011 e 2012 da Odebrecht, em conta secreta na Suíça, foram referentes à dívida da campanha presidencial de 2010.— Em 2011, há depósitos nesse período de um ano, depósitos feitos por offshore da Odebrecht relacionados, salvo engano, primeiro a um restante da campanha presidencial de Dilma de 2010 — afirmou Santana, ouvido como réu por Moro, depois dele fechar acordo de delação premiada com a Lava-Jato.O marqueteiro do PT afirmou que os valores recebidos por ele, parte na conta da offshores Shell Bill Finance, que ele mantinha na Suíça, e parte em dinheiro vivo no Brasil, pagos pelo setor de propinas da Odebrecht, também eram de outras campanhas.

Nenhum comentário: