BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,91, ETANOL: R$ 2,95

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,91, ETANOL: R$ 2,95

domingo, 7 de maio de 2017

"Negromonte perdeu ministério por roubar apenas para ele"


Em nova ação contra membros do Partido Progressista (PP) no âmbito da Operação Lava Jato, o Ministério Público Federal (MPF) detalha delações premiadas, e a principal delas tem como alvo o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), Mário Negromonte, por supostos delitos enquanto ele era ministro das Cidades no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. As revelações do MPF apontam detalhes de todos os baianos do PP supostamente beneficiados pelo esquema de corrupção que assolou a Petrobras e deu origem à Lava Jato.A representação do Ministério Público Federal tem como base depoimentos do doleiro Alberto Youssef, peça-chave no início da Operação Lava Jato, e articulador das propinas entre executivos da Petrobras, políticos e donos de empreiteiras.De acordo com o Ministério Público, Alberto Youssef afirmou que Negromonte perdeu o cargo de ministro das Cidades em 2012 porque “não estava fazendo caixa” para o PP. Segundo o doleiro, o ex-presidente do PP na Bahia estaria “roubando apenas para ele próprio”. 

Nenhum comentário: