BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Rojões atingem acampamento de militantes pró-Lula


Rojões e fogos de artifício foram disparados na madrugada desta quarta-feira contra o acampamento onde estão concentrados militantes do MST e da CUT que viajaram a Curitiba (PR) para acompanhar o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro. Confira o vídeo abaixo. Os fogos atingiram pelo menos uma barraca, que ficou em chamas, e feriram um rapaz identificado por assentados como Maicon, professor do acampamento Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu, interior do Paraná. Ele foi socorrido, consciente, a um hospital da região. Tinha queimaduras no braço e no pescoço. Logo após o ocorrido, um homem com mochila nas costas foi visto escondido sob um viaduto vizinho ao acampamento. Segundo os militantes, ele pode ter disparado os fogos. O homem fugiu em seguida por uma escada no pilar do viaduto e, depois, correu por uma passarela. Os fogos foram disparados pouco depois da meia-noite. O barulho provocou correria no acampamento, onde há centenas de pessoas dormindo em barracas – são homens, mulheres, idosos e crianças, principalmente da região sul do país. Uma equipe destacada para fazer a segurança do acampamento, formada por 150 integrantes do MST, tentou localizar o responsável por lançar os fogos. Sem sucesso, os homens, armados com bastões de madeira, fizeram um cordão para isolar o local atingido.

Nenhum comentário: