BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,91, ETANOL: R$ 2,95

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,91, ETANOL: R$ 2,95

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Homicida morre em confronto com a polícia de Itabela

Na tarde desta terça-feira, dia 20 de junho, Leandro de Jesus Silva, o “Léo”, acusado de participar da execução de um casal de assentados no município de Eunápolis, foi surpreendido por uma ação conjunta de policiais militares e civis e após ter reagido à ação, acabou sendo alvejado e morto no centro de Itabela. Logo cedo uma equipe liderada pelo delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin, realizou diversas incursões em Itabela, onde o acusado estaria escondido, porém sem sucesso. Já no período da tarde, “Léo”, que já era um velho conhecido da polícia, apresentando sinais característicos de quem estava drogado, efetuou disparos contra os policiais e acabou morrendo no confronto. Outros elementos que estavam em companhia do acusado fugiram, mas um deles, menor de idade, foi perseguido e acabou apreendido pela polícia. A partir daí, se iniciou uma procura intensa para tentar localizar outros elementos que conseguiram escapar pulando vários muros.
O corpo de Leandro foi caminhado para o Instituto Médico Legal em Eunápolis (IML), para ser submetido a exames de necropsia. O menor aprendido na ação foi encaminhado à sede da 23ª Coorpin de Eunápolis. Com Leandro foi apreendido um revólver calibre 32. Segundo a polícia, Leandro de Jesus Silva, o “Léo, foi um dos autores do assassinato do casal Belisário Ramalho Rocha e Valdinéia Bonfim Rocha, crime ocorrido na região do Córrego da Platina, interior de Eunápolis. Marido e mulher eram moradores e líderes de um assentamento agrário na região. Após serem mortos os corpos dos dois trabalhadores foram enterrados numa cova rasa. Segundo a polícia, Belisário e Valdineia teriam sido vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte), após uma reunião em que o casal arrecadou dinheiro dos demais acampados, o que teria atraído a atenção dos criminosos. As investigações em torno da dupla execução continuam em curso, pois a polícia ainda espera localizar e prender outros envolvidos no crime. (Teixeira News)

Nenhum comentário: