BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,499, ETANOL: R$ 2,79

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,499, ETANOL: R$ 2,79

sábado, 15 de julho de 2017

Temer liberou mais verbas para os que votaram a favor na CCJ


Um levantamento realizado pela ONG Contas Abertas mostra que o governo federal liberou em junho R$ 134 milhões em emendas parlamentares para 36 dos 40 deputados que votaram pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Os parlamentares que votaram pela admissibilidade da denúncia, por sua vez, receberam R$ 66 milhões no mesmo período, aproximadamente metade do montante recebido pelos deputados pró-Temer.Na última quinta-feira, a CCJ recusou, por 40 votos a 25, o relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), que recomendava que o plenário desse prosseguimento à denúncia de corrupção contra Temer. No mesmo dia, a comissão aprovou o relatório de Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que defendia que a denúncia fosse rejeitada. A palavra final sobre o prosseguimento do caso será dada pelo plenário da Câmara. Se pelo menos 342 deputados votarem contra o relatório de Abi-Ackel, a denúncia contra o presidente seguirá para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Nenhum comentário: