BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

terça-feira, 11 de julho de 2017

Médico que fez ultrassom confirma gravidez de gêmeos

O médico da Clínica Radiológica de Ilhéus (CRI), Edson Moreno, que fez a última ultrassom na dona de casa Cleidiane Silva dos Santos, confirmou a versão dela que o exame, realizado 21 dias antes do parto, confirmou que ela estava grávida de gêmeos. Ela deu à luz na Maternidade Santa Helena, anexo ao Hospital São José no dia 24 de junho, e reclama do suposto sumiço de um dos bebês. Edson Moreno fez o exame em Cleidiane quando ela estava com 37 semanas de gravidez. “Nós realizamos essa ultrassonografia e constatamos realmente que tinham dois fetos no abdômen da paciente”, afirma.
O médico avalia que o “sumiço” do segundo bebê poderia ser explicado como um caso de “síndrome da transfusão feto-fetal”. “A literatura médica relata os casos de gravidez múltipla a transfusão feto-fetal. Ou seja, um feto retira o nutriente do outro apra suprir e, quando isso acontece, um feto é absorvido. Eu acredito que no caso dessa paciente tenha acontecido isso, a transfusão feto-fetal”, explica. No entanto, ele pondera que a absorção do segundo feto, com 37 semanas de gravidez, pode não ter sido completa. “Absorvido, 100% não. Como a cesariana é um ato cirúrgico que tem sangue, pode ser que o fetinho absorvido esteja envolvido com compressas e sangue. Nesse momento, como o obstetra dá mais atenção ao feto que vai nascer, aquilo seria coisa secundária. Agora com 37 semanas, eu nunca vi e não sei se tem relato na literatura”, avalia Edson Moreno. (Agravo)

Nenhum comentário: