BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,499, ETANOL: R$ 2,79

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,499, ETANOL: R$ 2,79

quinta-feira, 6 de julho de 2017

"Não queria matar, só dar um susto", diz acusado de assassinar DJ no Conic


Acusado de matar o DJ Yago Sik, 23 anos, com dois tiros na saída de uma festa no Conic, Lucas Albo, 22, afirma que não tinha intenção de matar a vítima, mas, apenas "dar um susto" no rapaz. Os investigadores da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), porém, consideram que o crime premeditado, uma vez que Lucas saiu da boate para pegar a arma, voltou ao Conic e esperou até que Yago saísse da festa para executá-lo. Segundo Rogério Oliveira, delegado chefe da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), ele será indiciado por ameaça, injúria, homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por impossibilitar a defesa da vítima. Se condenado, pode pegar de 15 a 30 anos de prisão.Após o crime, que ocorreu às 6h de domingo (2/7), Lucas teria se escondido na casa de conhecidos em São Sebastião, onde esteve até à noite dessa terça-feira (4/7). Ao ser apresentado à polícia, o acusado chorou muito e negou o uso de qualquer tipo de entorpecentes.

Um comentário:

Anônimo disse...

Queria dá um susto com dois tiros?