BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Sequestrada no Pontalzinho foi libertada; professora sumiu

Gabriela da Silva Filadelfo, 36 anos, funcionária do INSS, foi levada como refém por criminosos após ter o carro roubado, por volta das 14h40, desta quarta-feira (5), no bairro Pontalzinho, em Itabuna. A família estava desesperada e registrou uma queixa na delegacia, recebendo o suporte da Polícia Civil, que realizou diligências em busca de Gabriela. A ação criminosa foi registrada por câmeras de um circuito interno de segurança. Um primo de Gabriela também assistiu à cena. Por volta das 18h20, quando a família ainda estava na delegacia, um parente recebeu uma ligação do namorado de Gabriela avisando que ela havia sido encontrada ainda na cidade de Itabuna. A mãe dela, desesperada, se ajoelhou ao chão e chorou muito. O tempo todo ela gritava: “Obrigada, meu Deus”. Familiares ampararam a mulher. Por volta das 19h, Gabriela chegou à delegacia. Encontro entre mãe e filha emocionou as pessoas presentes. Ao Diário Bahia, a mãe de Gabriela afirmou: “Não tenho nem palavras para agradecer a Deus. Obrigada é uma palavra que parece muito pouco”. DESAPARECIDA - A professora Sônia Maria de Moura, 55 anos, está desaparecida desde a terça-feira (4), em Itabuna. Familiares registraram uma ocorrência na delegacia e o caso está sendo investigado. A informação é de que Sônia saiu às 11h30 da escola onde trabalha Manoel Leão e entrou em um veículo prata. Desde então, não foi mais vista. Ela deveria voltar às 13h30 para uma aula, mas não retornou. Ela também não voltou para a casa que divide com uma amiga. A família está sem informações. Quem tiver pistas, deve ligar no 190 ou 197 da polícia. (Diário Bahia)

Nenhum comentário: