BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

BAIXOU GERAL NO POSTO DOS TAXISTAS: GASOLINA: R$ 3,87, ETANOL: R$ 2,97

domingo, 23 de julho de 2017

Morre o ex-goleiro Waldir Peres, aos 66 anos

Neste domingo, o São Paulo se despediu de um de seus maiores ídolos na história. Morreu, em Mogi Mirim, o ex-goleiro Waldir Peres, campeão brasileiro em 1977. O arqueiro foi vítima de um infarto fulminante logo após o almoço, quando seguia para uma festa de aniversário. Waldir tinha 66 anos e não apresentava nenhum problema de saúde. "Nós viemos passear na casa de uns amigos numa festa de aniversário em Mogi Mirim, ele acordou legal, estava brincando conversando e depois do almoço aconteceu, passou mal", lamentou a irmã Isabel Depois de comer, o ex-goleiro sentiu azia, falta de ar e sofreu o infarto. Ainda houve tempo para levá-lo ao hospital 12 de Julho, em Mogi Mirim, mas Waldir não resistiu. A irmã Isabel estava com Waldir, que não era casado, mas deixa dois filhos e uma filha. Os rapazes moram em São Paulo e já seguiram para o interior, enquanto a moça vive na Malásia Waldir Peres é o segundo jogador que mais defendeu o São Paulo, com 617 partidas disputadas entre 3 de novembro de 1973 e 26 de maio de 1984. O recorde foi quebrado por Rogério Ceni em 2005. No Tricolor, foi tricampeão do Campeonato Paulista (1975, 1980 e 1981) e do Brasileirão de 1977, sendo herói na disputa de pênaltis contra o Atlético-MG. Natural de Garça, no interior paulista, ele completou 66 anos em 2 de janeiro. Pela seleção brasileira, foi convocado para as Copas do Mundo de 1974, 1978 e 1982, sendo a última como titular do esquadrão de Telê Santana. (Uol)

Nenhum comentário: