terça-feira, 20 de agosto de 2019

Record acusa Globo e Band de usar imagens sem autorização

A Record está acusando a Globo, a GloboNews, e a Band de terem exibido sem autorização suas imagens captadas no desfecho do caso do sequestrador que manteve reféns em um ônibus sobre a ponte Rio-Niterói. As imagens foram captadas pelo câmera Fábio Calistra, da Record, único a acompanhar o caso até o desfecho (o sequestrador foi morto pela polícia e os reféns, libertados sem ferimentos). Nos casos de GloboNews e Band ampliaram o vídeo da Record como truque para esconder o logotipo da autora. A primeira exibiu o vídeo não autorizado em link no "Edição das 10"". Já a Band o reproduziu no "Aqui na Band. A Globo, por sua vez, também usou as imagens, mas deu crédito ao câmera e à rival. No entanto a Record afirma que não deu nenhuma autorização para esse uso. Diz ainda que a Globo fez uma montagem "grotesca" ao jogar sobre a vinheta da Record uma segunda vinheta, deixando parte da original ainda aparente. A Record declarou que vai tomar todas as medidas jurídicas cabíveis e que jamais manteria essa prática, e que não negaria o empréstimo das imagens por vias civilizadas. (Ricardo Feltrin)

Nenhum comentário: