domingo, 8 de dezembro de 2019

Custo da cesta básica aumenta em Itabuna e Ilhéus

A cesta básica em Itabuna passou a custar R$ 331,37 no mês de novembro, um aumento de 2,77% comparativamente ao mês anterior. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, sete aumentaram de preço: feijão (31,25%), carne (11,13%), óleo (5,01%), açúcar (4,78%), farinha (3,46%), pão (2,31%) e manteiga (0,45%). Em contrapartida diminuíram de preço: tomate (31,98%), banana (2,13%), leite (0,58%), arroz (0,30%) e café (0,21%). Em novembro, o tempo de trabalho despendido para se obter a cesta básica em Itabuna foi de 79 horas e 23 minutos, um comprometimento de 36,09% do salário mínimo líquido de R$ 918,16 – descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 998,00 - para adquirir os 12 itens da cesta. Em Ilhéus, o aumento da cesta básica foi de 4,52%, passando de R$ 325,61 em outubro para R$ 340,34 em novembro. O item que apresentou o maior aumento de preço (38,04%), em seguida, feijão (19,89%), arroz (10,02%), carne (7,59%), óleo (3,50%), manteiga (1,42%), e açúcar (0,92%). Em contrapartida o tomate apresentou a maior redução de preço (38,94%), seguido por farinha (1,46%), leite (0,55%), pão (0,28%).. O aumento no custo da cesta básica em Ilhéus, gerou redução no poder de compra do trabalhador em novembro, pois o comprometimento do rendimento líquido era 35,46% em outubro passou para 37,07% em novembro tomando-se como referência o salário mínimo líquido de R$ 918,16 – descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 998,00. Observando-se os últimos seis meses, o custo da cesta básica diminuiu 12,17% na cidade de Ilhéus. Nos últimos 12 meses o custo da cesta aumentou 0,67%. Em Itabuna, a redução no custo da cesta básica foi de 12,13%. Nos últimos 12 meses o custo da cesta em Itabuna aumentou 0,76%. Nesse período, o feijão apresentou a maior elevação (86,37%), e o tomate a maior redução (63,08%), (Accb/Uesc)

Nenhum comentário: