terça-feira, 7 de julho de 2020

Bonde do Alicate executa homem em Camacan

Esse mês de julho, a quadrilha do Bonde do Alicate, está novamente aterrorizando a região. Depois de invadir casas e deixar vítimas em Santa Luzia, Barro Preto e Ilhéus, a cidade visitada pelos assassinos, desta vez, foi Camacan. Quatro homens armados invadiram uma residência em São João do Panelinha, que é distrito do município. Lá executaram Emmanuel Silva Muniz (Caboclo), 19 anos. A esposa dele foi baleada na ação. Mariana Ferreira, 16 anos, tentou defender o marido e levou um tiro de pistola no joelho. Ela foi socorrida ao Hospital de Base de Itabuna e não corre risco de morte. Mariana falou que a cena que presenciou foi de terror. A motivação, muito provavelmente, seja a guerra do tráfico de drogas entre as organizações criminosas Raio A e DMP, de Itabuna, que controlam o tráfico em várias cidades do sul do estado. Emmanuel é acusado de matar um idoso a pedradas na semana passada na mesma cidade, Esse é o 2° crime de Julho em Camacan, o 5° assassinato de 2020 e a 6ª Coorpin chega a 110 mortes no ano.

Nenhum comentário: