quinta-feira, 9 de julho de 2020

Corpo de itabunense é encontrado em Ilhéus

O corpo de Geovane Dos Santos Costa, 22 anos, foi encontrado em estado de decomposição, na Ponta de Pedra na avenida Princesa Isabel, em Ilhéus. O corpo estava boiando em rio nas imediações da Sapetinga. O Departamento de Policia Técnica esteve no local e removeu o cadáver para o Departamento de Polícia Técnica no centro da cidade. Geovane era morador do Condomínio Gabriela, em Nova Ferradas, na Zona Oeste de Itabuna, e havia desaparecido junto com Tarcísio Neves, que é morador do Nova Itabuna. Tarcísio estaria trabalhando como motorista de Uber. Segundo a família, ele teria saído do mundo do crime. Em novembro de 2016 foi preso no bairro Nova Itabuna com uma sub metralhadora da facção Raio A. Tudo indica que o sequestro dos dois homens, pode ter sido praticado por membros da facção DMP, que podem ter descoberto a nova profissão de Tarcísio. Mas o que intriga a DHPP de Ilhéus e policiais de Itabuna, é o que Geovane estaria fazendo no carro de Tarcísio. Geovane foi executado a pauladas e tiros. A família diz que ele não era envolvido com a facção Raio A. Este foi o 4° crime de julho, e o 54° assassinato + 12 bandidos mortos = 66 mortes violentas em 2020.

Um comentário:

Anônimo disse...

Tarcísio trabalhando de Uber? Fala sério a família ocultando a verdade, esse carro dele era da quadrilha raio a pra dar ataques nos bairros do DMP 🤡, na ninguém morre dessa forma sem dever nada