quinta-feira, 25 de junho de 2020

Brasil passa de 54 mil mortes por Covid, diz consórcio às 13hs

O número de mortes por Covid-19 no Brasil passou da marca de 54 mil, mostra o boletim das 13h do consórcio de veículos de imprensa formado por EXTRA, O Globo, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira. São, ao todo, 54.434 vidas perdidas. Ainda segundo o levantamento, são 1.207.721 casos confirmados em todo o país. Os números são consolidados a partir das secretarias estaduais de Saúde. Com a atualização mais recente, outro número chama atenção: o Ceará passou dos 100 mil casos confirmados de Covid-19. Agora, o estado se junta a Rio em São Paulo entre os entres federativos com o número de contágios pelo coronavírus na casa dos seis dígitos. São mais casos do que muitos países inteiros, a exemplo de China, Colômbia, Argentina e Suécia.
As estatísticas da pandemia no Brasil são divulgadas três vezes ao dia. O próximo levantamento será divulgado às 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde na gestão do interino Eduardo Pazuello. Desde o levantamento fechado da última quarta-feira, às 20h, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, São Paulo e Roraima atualizaram suas estatísticas. Até o momento, são 15.247 novos contágios pelo coronavírus notificados pelas secretarias estaduais de Saúde desde a noite de ontem, além de 560 novas vítimas fatais. Na terça-feira, o país registrou, no boletim consolidado das 20h, 1.364 novos óbitos nas últimas 24 horas. Esse é o segundo maior registro de mortes divulgadas pelas secretarias estaduais de Saúde em 24 horas desde o início da pandemia. O recorde anterior foi de 1.470 mortes no dia 4 de junho, segundo levantamento do G1.

Nenhum comentário: