quarta-feira, 19 de março de 2014

Justiça confirma que atrasados terão correção maior

O CJF (Conselho da Justiça Federal) confirmou que os aposentados que ganharam uma ação contra o INSS têm o direito a atrasados maiores, com a correção da inflação. O INSS tentou reduzir a correção dos atrasados, mas não conseguiu convencer a Justiça a voltar a usar a TR (Taxa Referencial), e não a inflação medida pelo IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial). A notícia é boa para os aposentados, já que a TR, também usada na correção monetária da poupança, vem perdendo para a inflação desde 1999. Os pedidos foram apresentados pela AGU (Advocacia-Geral da União), que representa o INSS na Justiça. Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta quarta, 19 de março, nas bancas

Nenhum comentário: