sábado, 22 de agosto de 2020

Tramita na Câmara amparo psicológico e assistência em escolas

Começou a tramitar na Câmara de Itabuna o projeto que busca assegurar, nas escolas da rede municipal, a prestação dos serviços de psicologia e assistência social. Assinada pelo vereador Júnior Brandão (Rede Sustentabilidade) e comunicada na sessão de quarta-feira (19), proposta justifica-se para adaptar o município à lei federal 13.935, aprovada em 2019, e está de acordo com a Lei Orgânica do Município(LOM). Também teve início na Casa a tramitação do anteprojeto para instituir o Dia Municipal do Obreiro Aprovado. De autoria do edil Pastor Francisco Edes Batista (Republicanos), a proposta reconhece o papel das dezenas de missionários que auxiliam os pastores na condução dos cultos em igrejas evangélicas de Itabuna. Novos pedidos de providências ao Executivo foram apresentados pelos vereadores na referida sessão: Ricardo Xavier (Cidadania) solicita serviço tapa-buracos na rua Hipólito da Costa, próximo ao número 102, fundos do Mercado Meira, no centro da cidade. Outro pleito por ele trazido é a canalização de esgoto a céu aberto na rua José Bonifácio, bairro Santo Antônio. Júnior Brandão, por sua vez, solicita manutenção da iluminação pública nas ruas do logradouro conhecido como Tupinambá – área da antiga usina asfáltica). O edil Manoel Farias (Nel do Bar)/PTC aproveitou o momento para agradecer à equipe da Emasa (Empresa Municipal de Águas e Saneamento), na pessoa do presidente Jáder Guedes, pelos serviços que beneficiam moradores do São Lourenço e bairros adjacentes. Já Manoel Júnior (PV), manifestou-se para responder com veemência a críticas que classifica como infundadas sobre o papel dos edis, dispostas em redes sociais. “Entre situação e oposição, as ideias divergem, mas em relação ao nosso compromisso com o mandato, não tenho dificuldade nenhuma em expressar e dizer o que a gente sente. Não só na pandemia como em outras situações, a gente vem fazendo. Então, ficamos chateados quando as pessoas distorcem o verdadeiro papel do vereador”, afirmou.

Nenhum comentário: